quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Teorizando...

Cá estou eu aqui de novo para falar do nosso assunto preferido! Tchanãaaaa!

Estive pensando esses dias, na verdade, há algum tempo já, nas diferentes vontades que as pessoas despertam na gente... E cheguei a conclusão que tesão é bem diferente de vontade de dar! (meninos, substituam o ‘dar’ pelo verbo que mais lhes parecer adequado, ok?!)

E como eu gosto de teorizar sobre as coisas, vamos desenvolver a idéia...

Suponhamos que você está virando a esquina e bate de frente com um bofe lindo, perfumado, sonho de consumo! Dá aquela olhada, suspira e pensa ‘aooooo lá em casa’, mas continua seu caminho feliz e saltitante e antes da próxima esquina já esqueceu o dito cujo... A essa coisinha que faz você suspirar, sentir um friozinho na barriga, imaginar uma ceninha pornô, até se divertir – e fim! – eu chamo de tesão...

Tesão é teoria pura e simples! É uma sensação que não necessariamente poderá ser compartilhada, é algo que me faz pensar que a pessoa é linda, delícia, mas você pode muito bem resolver isso sozinho, dar boa noite pra mão e ir dormir. Bate e vai embora.

Mas vontade de dar... PUTA QUE PARIU!... Vontade de dar é outra coisa. É você olhar e querer, mas querer muito, de não conseguir se controlar... É querer trepar como se não houvesse amanhã, até acabar a energia, até não ter mais forças.

A trepada só com tesão é aquela coisa egoísta, quase uma punheta a dois, cada um satisfazendo sua própria vontade, buscando seu próprio prazer...Vontade de dar é mais que isso, é mais do que se ocupar do seu próprio prazer, do que desejar obter prazer do outro. A vontade de dar, meu amigo, te faz querer matar o outro de tanto gozar.

E não tou falando de amor, nem de sentimento nenhum, o negócio aqui é pele, química, sexo por sexo!

Você olha pra pessoa e sabe o que vai acontecer, não tem como ignorar, não é nenhum pouco racional, às vezes a pessoa não faz nem exatamente seu tipo, mas tem aquele negócio, aquela coisa que pega, que te puxa, que te faz querer mais do que qualquer outra coisa e que não te deixa sossegar enquanto você não conseguir...

Tesão tem a ver com beleza, com atração física... Vontade de dar é cheiro, é aquilo que não tem nome mas que te atrai como um imã. Um é satisfação, outro, realização. Um dá e passa, outro, não passa enquanto você não der... Um é uma... O outro? Váaaaarias.

E não tem lugar, não tem hora... Se a vontade bateu, não tem calmante, compromisso, nem vergonha na cara que segure. Vai rolar! E se o negócio é mútuo assim com toda essa força, aí que rola mesmo! Inevitável! E aqui pra nós... Evitar por que, né?!

2 comentários:

Anônimo disse...

eu vou gozar muuuuuuuuuuuuito

disse...

sobre o post eu não posso comentar muito, nunca tive vontade de dar.
agora este começo
Estive pensando esses dias, na verdade, há algum tempo já, nas diferentes vontades que as pessoas despertam na gente... E cheguei a conclusão que tesão é bem diferente de vontade de dar!
puta merda, eu ri
hehee
Pensei vc pensando tipo Newton e levanndo uma maçãzada na cabeça
:D