terça-feira, 14 de outubro de 2008

Melhor presente!


Meu aniversário é tipos canaval, comemora-se durante vários dias e sempre termina num feriado(rá!). Mas é claro que é o meu carnaval, ou seja, nada de samba e nem de Sol!

Mas enfim, tou enrolando pra terminar esse post desde o dia 9, mas resolvi esperar as comemorações acabarem para fazer um apanhado geral, e nesse tempo entre o dia D e o post, passou uma frase pela minha cabeça que tinha muito a ver com toda felicidade que eu tava sentindo esses dias... Era algo sobre encontrar alguém que te ame como você é e como você gosta de ser... Fui Googlear jurando que ia achar uma frase digna de algum escritor famosíssimo, sei lá, e descobri que a minha memória tava tentando puxar a frase que a protagonista de Sex and the City diz no último episódio da série:

“Mais tarde, comecei a pensar sobre relacionamentos. Existem aqueles que a levam a um mundo novo e exótico. E aqueles que não são novidade. Aqueles que trazem um monte de perguntas. E aqueles que levam a um lugar inesperado. Aqueles que a levam para longe do lugar onde você começou. E aqueles que a trazem de volta. Mas a mais empolgante, desafiadora e significativa relação é aquela que você tem consigo mesma. Agora, se você encontrar alguém que ame o ''você'' que você ama, então isso é maravilhoso” (CARRIE BRADSHAW)

Mas...seriados à parte, é a frase 'negritada' que interessa! Depois de quatro dias de surpresas, risadas e todos os sentimentos bons desse mundo eu posso dizer que essa frase nunca fez tanto sentido pra mim como agora. E vou explicar...

Eu amo festa, amo estar com todas as pessoas que adoro, mas não gosto de festonas, acho que festa grande num serve pra gente egoísta demais feito eu! Eu gosto de ter todo mundo me dando atenção, gosto de curtir cada abraço, de dar risada junto, de conversar sobre a vida e ser paparicada... Festona num tem nada disso, você coloca todo mundo que você ama junto mas acaba que não aproveita a companhia de ninguém...

Então o que eu costumo fazer é comemorar aos pouquinhos, curtindo cada pessoa com quem vou estar, afinal, se elas são especiais o suficiente para que eu queira dividir algo que eu adoro, elas merecem atenção e eu, a atenção delas...

E esse ano foi assim, começou na véspera do dia 9, com jantar cheio de coisa gostosa junto do Fê, chegar em casa cedinho e ficar de papo com a Anzi, ir pra facul e comemorar com as meninas, chegar em São Roque e comemorar com mini-família, depois no sábado com família-amigos e no domingo com a família toda!

E foi em cada um desses momentos, com cada uma dessas pessoas, que entendi porque que eu gosto tanto de aniversário: porque é quando você vê, de um jeito bem simples, o quanto você significa para as pessoas... É pela forma que elas têm de demonstrar que o presente material é o menos importante que eu sinto que, putz, eu tenho muita sorte de amar e ser amada pelas pessoas mais especiais desse mundo!

Eles lembraram que eu amo girassóis, me fizeram perder o sono logo cedo com muita risada, lembraram até que minha caneta do coração tinha acabado, fizeram bolo prestígio e não se importaram da pizza esfriar porque eu me atrasei, aplaudiram horrores ainda que eu tenha cantado mal pra caralho, me ligaram ainda que meu celular estivesse péssimo e se esforçaram para cantar o parabéns, me deram chocolates e abraços e beijos, me deram cartões que eu vou guardar pra sempre, fotos de momentos especiais, tudo que me fez ver o quanto foi bom chegar até ali e que mostra que motivo pra comemorar eu tinha de sobra mesmo.

Se a gente fica mais velha, se é sinal de que o tempo tá passando muito rápido? Pode ser... mas eu é que não vou ficar de bico igual algumas pessoas que preferem simplesmente deixar o dia do níver passar em branco... Porque, pra mim, 'ficar mais velha' no dia 9 significou mais um aniversário com o homem que eu amo, mais um ano em que eu e a Anzi estamos grudadas, um ano com amigas novas e maravilhosas, um ano que faz o fim de semana demorar pra chegar só porque eu quero correr pra São Roque encontrar aquele pedaço de mim que tá lá plantado no meio do mato, mas que quando o fim de semana chega, aiiiii, é bom demais!

Essas pessoas fazem com que cada dia tenha um significado bom, lembre algum cheiro gostoso... Com essas pessoas eu me sinto eu mesma e gosto dessa sensação de não precisar fazer pose, de não precisar segurar a risada, de não precisar controlar as bobagens que eu adoro falar... Essas pessoas são aquelas que me fazem querer ir dos 21 aos 100 com toda energia do mundo pra continuar aproveitando tanta coisa boa.

E o que tudo isso tem a ver com a frase em negrito lá de cima? Então, daí que ela é perfeita pra mim, porque eu encontrei quem ama o que eu amo em mim... Que, independente de tudo, se tá chovendo em dia de calor ou se tem solzinho preguiçoso em manhã de inverno, elas me deixam livres para ser exatamente quem eu sou e quem eu gosto de ser e me amam um tantão, que eu sei, porque eu sinto e é tão bom sentir isso, dá um calorzinho no coração!

Fê, Anzi, Mô, Pri, Mah, Maki, Patty, Marinão 4º B, Mamis, Gode, Duda, Má, Rô, Leco, Negão, Alê, mais tios e tias(todos!), esse post aqui tem várias finalidades:

1-tentar agradecer mais um pouco por tudo que vocês fizeram e fazem por mim, por me conhecerem tão bem e me amarem desse jeitinho mesmo que eu sou! Porque vocês me fazem rir e riem das minhas piadas e bom-humor não tem preço! hahahahhaha

2-ilustrar que a gente pode tirar coisa boa e significativa de seriados de tv

3-mostar que olheira, pizza fria, trânsito, sono, saudade e desafinação são coisas que, apesar de parecerem negativas, podem fazer de alguém a pessoa mais feliz do mundo.

4- lembrar que faltam só 351 dias! =]

5 comentários:

Anzi disse...

eba! o primeiro comentário vai ser meu!!!!
que lindooooooooooooo neidinha!
só não chorei pq tive uma crise de riso antes com uma coisa nada ver... pq ta lindo msm boi!

e eu quero passar todos os nivers com vc neid...
vc é muuuuito importante pra mim!
beijos da Anzi

Marcela De Mingo disse...

só tenho uma coisa a dizer: ainda bem que eu posso fazer parte desse dia tão importante!

sócia querida que eu amo de paixão!

Marcela Bonazzi disse...

Ciiii

Você não sabe o quanto me deixou feliz ver sua alegria tão verdadeira por ter ganhado uma caneta!!! A verdade é que você ganhou muito mais que isso (e não tô falando da caixa não!).
Em mim e nas meninas você ganhou amigas pra toda a vida!! Se tá sabendo, pode contar com a gente pra tudo, que a gente te ama!!!

Fico muuuito contente em ver que você gostou, cada detalhe foi pensado do fundo do coração, cada palavra, cada chocolate, cada foto, cada tudo!

Te amooo Ci!!!

Marina Galeano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marina Galeano disse...

Marina Galeano disse...
Cintião, da 4ª A.

A verdade é que a gente se conhece há pouco tempo, mas é verdade também que vc tem uma incrível capacidade de cativar as pessoas em igual pouco tempo.

Foi assim, num trabalho de faculdade, numa classe que nem é a minha de origem, num momento que eu nem tava preocupada em conhecer pessoas novas na faculdade por conta dos meus 27... E? Cintião com seu caralho alado (mano, esse é o melhor)tornou-se a alegria das segundas, quartas e quintas!

Vc transmite coisas muito positivas aqueles que fazem parte do seu círculo de convivência. Menina-mulher de sinceridade, espontaneidade, generosidade, sensibilidade, autenticidade ímpares. Realmente não é preciso muito tempo pra perceber tudo isso. Que nem guaraná, vc é o que é!

Bom, queridona, torço pelo seu sucesso e pela sua felicidade. Aliás, já me vejo lendo suas crônicas, matérias (ou o que vc decidir escrever), num futuro próximo!

Beijos mil da Marinão, da 4ª B