sábado, 29 de março de 2008

E na onda da moda de novo...

Para os fãs da série 'Sex and the city' é fato conhecido que a estréia do filme homônimo é ansiosamente aguardada para o meio deste ano. Fashionistas de plantão já estão roendo as unhas para se encontrarem com aquele mar de sapatos chiquérrimos, bolsas lindíssimas e looks pra lá de estilosos e irreverentes. Rolou até ensaio para a Vogue - referência na mídia impressa no quesito moda- com a Carrie( Sarah Jessica Parker) e o charmoso Mr. Big( Chris Noth) nas ruas de Nova York para uma divulgação do longa. Há quem diga que o nome da série deveria ser 'Fashion and the city', já que, muitas vezes o foco sai completamente do sexo...

E sendo muito sincera( e pronta também para receber as possíveis críticas), certos modelitos do seriado parecem muito com aqueles absurdinhos de passarelas -cheios de conceitos mas que você jamais usaria-, principalmente alguns desfilados pela protagonista Carrie. Pelo menos pra mim, adepta da discrição (exceto pelas gargalhadas escandalosas em momentos inoportunos), algumas peças do figurino de nossa queridinha Parker são como aquelas coisas quando você olha para uma foto antiga e diz 'não acredito que usei isso' ou vê um catálogo de moda da próxima estação: 'será que eu ainda vou gostar dessa roupa?'

E pode dar uma olhada por aí, estão vindo cada vez mais absurdinhos ( ou coisas que deixarão de ser absurdinhos até que a mídia nos convença que aquilo fica maravilhoso na gente). A mais nova do momento é 'Oxford shoes' para mulheres. Sabe aquele sapato super sério que seu pai usa nas ocasiões mais formais???? Então, estão com tudo e se adaptando à estética feminina- http://theshoegoddess.net/guillaume-hinfray-asi-635-barneys.jpg -, por enquanto parecem absolutamente inaceitáveis, mas eu prefiro nem criticar muito, afinal, em breve, possa estar apaixonada por um desses, do mesmo modo que há cinco anos atrás eu jamais imaginava usar calça jeans 'skinny' e achava lindo quando a barra da calça cobria quase que todo o bico do sapato. É a vida...

É impressionante como nosso gosto vai sendo moldado aos poucos. Com mudanças sutis e quase imperceptíveis a curto prazo a moda vai enfiando coisas guela a baixo e quando vemos estamos 'in love' com tudo que odiávamos antes. Assim é com o previsto fim da calça de cintura baixa, há uns bons anos cintura alta era coisa de mulher 'por fora', mas tenha certeza que nossa calça 'dois dedinhos de zíper' já está fadada ao mesmo conceito e a cinturinha lá em cima voltará a ter seus dias de glória. E os peep toes (aquele modelo de sapato que deixa as pontas dos dedinhos de fora)?? Eram coisa de vó há pouco tempo e hoje são os queridinhos.

Não tem nada a ver com personalidade, você pode manter um único estilo durante toda uma vida mas vai transitar entre coisas opostas com facilidade e quase sem querer. E engana-se quem pensa que estou falando só das mulheres. Óbvio que o universo masculino é menos afetado, já que tem menos acessórios que possam estar sujeitos às constantes mudanças dos estilistas. Mas repara bem, 20, 30 atrás terno xadrez era luxo, depois virou cafona e agora o quadriculadinho vai reaparecendo meio tímido para retomar o espaço de antes.

Quanto mais eu tenho consciência de que a moda é sempre uma releitura, uma adaptação do passado para as necessidades do hoje, mais eu tento arrumar espaço no guarda-roupas para não me desfazer de mais nada!! Mas nem de longe se compara aos 150 sapatos de Carrie Bradshaw que devem ter lhe custado mais de 40 mil dólares ao longo de sua fictícia jornada fashion.

Moderníssimos, estranhos, lindos, apaixonantes, clássicos ou tudo isso junto... Seja lá como venham os figurinos do esperado filme do ano (ou dos desfiles da próxima estação), tenha certeza que eles já passearam pelo nosso cotidiano em algum momento do passado e passearão em algum momento de um futuro bem próximo. O que vale é esperar sem preconceitos e prontos para reencontrarmos com nossos eternos amores: as quatro garotas de Nova York e nossos ex-futuros-queridos-odiados-absurdinhos...

4 comentários:

Adriana disse...

Eita Cintia!
Você está muito foda mesmo!
Medo de você no futuro, quando estivermos disputando a mesma vaga...
Amei todos os textos, e já adianto que vou querer o livro do Ubaldo Ribeiro mais pra frente! ahahahahahahah
beijos querida!

Marcela disse...

Ciin adorei o post. Outro dia mesmo pensei isso quando saí para comprar calçar e comprei calças de boca reta, como assim??? Eu, a menina da calça boca larga!!!!!! Pois é, me identifiquei muito!!!!!!
Amei, e vamos esperar pelo filme!!

escondidonagaveta disse...

sim sim sim! também fico impressionada com o surgimento de modelitos que no momento, para nós, são completamente horrosos, mas que, dois meses depois não tiramos por nada no mundo. é estranho, mas é a vida mesmo. nossos gostos amadurecem conforme crescemos, eles se moldam àquilo que a mídia nos "impoõem" mas sempre se adaptando ao nosso próprio estilo!

Murillo Teixeira disse...

nem minha namorada nem a joana vai usar sapato de homem!!! eu nao deixo!!!